“Modern Princess”. Lanvin, 2017.

pc
€39.00 (EdP 30ml)
douglasportugal_1385145259_140
€40.75 (EdP 30ml)

Classificação: 16 valores.

Família Olfactiva: Floral Frutado.

Le Nez: Christophe Raynaud

No momento em que qualquer consumidor entra numa perfumaria para escolher um novo perfume as marcas de perfumes jogam, entre si, o sucesso ou o fracasso das suas fragrâncias. De facto, a quantidade e diversidade de perfumes que existem, actualmente, no mercado, obriga as marcas de perfumes a desenvolver muito mais do que excelentes fragrâncias (a good fragrance is just not good enough, afirmava a chairlady do Grupo Estée Lauder) e que passam por frascos e embalagens cativantes e, sobretudo, histórias arrebatadoras.

Uma boa fragrância não faz um bom perfume assim como uma boa história não cria uma excelente fragrância. Existe um qualquer fenómeno mágico, transcendente, metafísico e sobrenatural associado aos perfumes; eles jogam com as nossas emoções e transportam-nos, muitas vezes, para um patamar de fantasia e mito.

É o caso do Modern Princess da Lanvin.

nd-38890

A associação deste perfume com a Branca de Neve, por exemplo, é lapidar. Basta ver o anúncio! Uma mulher que, por um lado, é uma princesa que se deixa encontrar por um príncipe na sua cama e cuja união é selada por um beijo, é a mesma princesa que, antes desse momento, convive com a natureza mais brutal e selvagem do ser humano, transformando-se numa agente secreta e numa femme fatale, talvez, cuja missão é… salvar o Mundo. É nesta dualidade quase tipicamente feminina que o Modern Princess se posiciona.

A fragrância é uma sedutora combinação de elementos frutados intensos – Groselha Vermelha e… Maçã Vermelha – com várias flores aromáticas como a Frésia, a Orquídea Baunilha e o Jasmim.

Versátil e multifacetado, tal como a mulher moderna, o frasco apresenta-se numa assinatura vertical, através linhas sensuais. Uma corrente metálica – símbolo da “Maison Lanvin” – envolve de forma elegante o gargalo do frasco. Em sintonia com este espírito de contradição, a cartonagem moderna transmite o mesmo carácter de dualidade na cor: uma explosão de encarnado contrasta com o logo branco cintilante, sinónimo de pureza absoluta (PR Lanvin, 2017).

Notas de Topo: Groselha Vermelha e Maçã Vermelha.

Notas de Fundo: Frésia e Jasmim.

Notas de Coração: Orquídea Baunilha, Madeiras Brancas e Almíscar Branco.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Create a website or blog at WordPress.com

Up ↑

%d bloggers like this: